09 de Dez de 2019

Pontos Diversos marca presença em audiência pública para discutir mudanças na lei de aprendizagem

15 de outubro de 2019
O evento foi promovido pelo Fórum Baiano da Aprendizagem Profissional, com o apoio da Comissão de Defesa do Consumidor e Relações de Trabalho e do mandato do deputado Marcelino Galo

Na tarde desta segunda feira (14/10), ocorreu na assembleia legislativa do estado da Bahia a audiência pública para a defesa da aprendizagem profissional. O evento contou com a presença de jovens aprendizes da Pontos diversos, assim como de outras instituições formadoras e teve como objetivo discutir as mudanças propostas no estatuto do jovem aprendiz e no projeto de lei do primeiro emprego.

A mesa mediada pelo deputado Marcelino Galo (PT) teve participação do vice procurador-chefe de gestão, Marcelo Travassos, representando o Ministério Público do Trabalho; auditora fiscal, Taís Arruti Lisboa, representando a Superintendência Regional do Trabalho; presidente da Fieb, João Batista Ferreira; o superintendente da Educação Profissional Tecnológica do Estado da Bahia, Ezequiel Westphal;  auditora fiscal Marli Costa, representando o Fórum Baiano de Aprendizagem; o coordenador técnico do programa Primeiro Emprego, Leonardo Ramos, representando a Secretaria Estadual de Trabalho, Esporte e Renda (Setre); e a jovem-aprendiz Laene Leal.

A assembleia recebeu, além de performances artísticas do grupo da Fundação cidade mãe, a apresentação de Geisiele XXX, aprendiz na Pontos diversos, que recitou poesias com temas relacionado ás desigualdades sociais e de gênero da sociedade.

Segundo as auditoras Taís Arruti e Marli Costa as propostas representariam, caso aprovadas, uma redução significativa na abrangência da lei da aprendizagem e prejudicariam os beneficiários, configurando um retrocesso para a inserção dos jovens no mercado de trabalho.